Congresso Americano da IAM encerra com alegria e êxito

Por Jaime C. Patias
25 / Mai / 2014 21:50

Uma celebração de envio realizada no auditório do Santuário de Aparecida encerrou na manhã deste domingo, dia 25, o 1º Congresso Americano da Infância e Adolescência Missionária (IAM). O momento foi precedido por uma última sessão de trabalhos onde os secretários dos cinco fóruns temáticos (crianças, adolescentes, juventude, famílias e escola) relataram as conclusões do trabalho feito na tarde do sábado. Houve ainda um momento para as considerações finais e agradecimentos.

O diretor das Pontifícias Obras Missionárias (POM) da Colômbia e coordenador dos diretores das POM no Continente, padre Mário Álvarez Gómez parabenizou os organizadores do Congresso pela iniciativa que contagiou toda a América.

Padre Mário relatou o que foi discutido na reunião entre os diretores das POM presentes em Aparecida e os secretários nacionais da IAM. “O que vivemos aqui foi essencialmente apreciar o esforço da Igreja do Brasil que compromete todas as igrejas do Continente”, afirmou. Na sequência, falou dos compromissos e comunicou que, no mês de novembro acontecerá em Honduras, um encontro de diretores das POM do Continente, bispos responsáveis pela dimensão missionárias nos vários países e secretários executivos destas comissões. Entre outros assuntos, serão retomados os resultados do 1º Congresso da IAM, para que, segundo ele, “cada país receba a riqueza deste encontro e se comprometa a continuar este trabalho tão bonito que iniciou na Igreja do Brasil”. Em nome dos 25 diretores nacionais das POM na América, padre Mário agradeceu a Igreja do Brasil citando o apoio dado pelo presidente da CNBB, cardeal Raymundo Damasceno.

Outra decisão é criação de uma Confederação Americana de IAM formada por representantes de todos os países para coordenar o trabalho de animação. A iniciativa foi da secretária geral da IAM, a Dra Jeane Baptistine que veio de Roma para participar do Congresso.

Padre Mário recordou ainda da recente tragédia que ceifou a vida de 33 crianças num acidente na Colômbia. As crianças com idade entre 3 e 14 anos morreram carbonizadas quando um ônibus pegou fogo.

Ao encerrar os trabalhos o sentimento geral era de satisfação, conforme destaca padre Camilo Pauletti, diretor das POM no Brasil. “Olhando no rosto sorridente dos participantes e ouvindo seus comentários, na conclusão do Congresso, deu para sentir uma satisfação, uma grande alegria por tudo o que aconteceu nestes dias”, comentou. “Partem animados e com mais energia para continuar esta caminhada missionária. Recebemos abraços de gratidão e promessas que podemos confiar no empenho e amor pela Obra da IAM. Tudo isto nos faz voltar ao Senhor e dizer muito obrigado pelo bom êxito deste Congresso Missionário”. Nesse sentido, padre Camilo dirigiu palavras de agradecimento a todas as equipes, organismos e pessoas, que não mediram esforços para que o evento superasse as expectativas.

A secretária-geral da IAM também fez sua considerações. “Estou certa de que foi um Encontro que enriqueceu a todos para seguir servindo, com as crianças, para a evangelização de outras crianças”, disse Dra. J. Baptistine para, em seguida, convidar todos a levar para as suas casas, paróquias, dioceses e países, “uma força nova e esta graça que recebemos neste encontro”, afirmou a secretária que em diversos momentos do evento foi ovacionada pelos congressistas.

Dom Sergio Braschi, presidente da Comissão para Ação Missionária da CNBB sublinhou o fato do Congresso ter reunido representações da maioria dos países do Continente. “Podemos testemunhar o quanto saímos enriquecidos com a presença de representantes de regiões tão longínquas do Brasil e de tantos países que aqui puderam vir”. O bispo destacou ainda os esforços que o CELAM vem fazendo através do projeto da Missão Continental para animar a missão, “numa Igreja em saída. Uma Igreja que olha para fora, além das próprias fronteiras, ad gentes”, sublinhou e recordou que também a IAM deve ter esta característica.

Dom Sergio surpreendeu a todos ao anunciar os primeiros missionários a serem enviados pelo Regional Sul 2 da CNBB (Paraná) à missão na Guiné Bissau: Elaine Machado, coordenadora da IAM no estado do Paraná e o diácono Pedro Avelino Langa que ira com sua esposa.

A celebração de envio, no final dos trabalhos incluiu a renovação do compromisso com a Obra da IAM, orações e cânticos que lembravam a saída para a missão. Todos receberam um lenço com as cores missionárias símbolo da África, continente que este ano recebe atenção especial dos grupos da IAM.

Promovido pelas Pontifícias Obras Missionárias (POM) em parceria com as POM do continente americano, o Congresso teve como tema “IAM da América a serviço da missão” e como lema “Vocês são meus amigos!” (Jo 15-14).

Participam do encontro continental, 654 assessores e coordenadores da IAM, vindos de 17 países, sendo 523 do Brasil. Além disso, mais de 80 voluntários prestam serviços nos diversos setores da organização.

Leia também: Missa no Santuário de Aparecida entusiasma participantes do 1º Congresso Americano da IAM

Congresso discute carisma da Infância e Adolescência Missionária

Presidente da CNBB anima participantes do 1º Congresso Americano da IAM

1º Congresso Americano da IAM: painel discute realidade das crianças e adolescentes

Congresso Americano da IAM abre trabalhos com destaque para a missão

Delegações de 17 países chegam em Aparecida (SP) para o 1º Congresso Americano da IAM