Pastoral Vocacional Simpósio Vocacional é realizado, virtualmente, no Brasil

Tem início hoje, 16, o Simpósio Vocacional, com o tema “Ide e anunciai! Vocações diversas para uma grande missão!”. O evento, que prosseguirá até o domingo, 18, tem como objetivos fomentar a cultura vocacional na ação evangelizadora da Igreja no Brasil e avançar no discipulado missionário como legado batismal, na comunhão e complementaridade de vocações e ministérios na comunidade eclesial.

Em uma iniciativa inédita, o Simpósio acontece de forma simultânea, por meio de videoconferência, em cinco regiões do país, que reúnem os 18 regionais da CNBB, por meio da plataforma digital Episcopo.net.

O arcebispo de Palmas (TO) e presidente da Comissão Episcopal Pastoral para os Ministérios Ordenados e a Vida Consagrada da CNBB, dom Pedro Brito Guimarães, explica que este simpósio em formato virtual quer favorecer maior participação das lideranças do Brasil que atuam no trabalho com as vocações. “A questão vocacional é vital para a Igreja, sem vocações a Igreja não vive”, disse o bispo.

O Simpósio será, também, um momento para celebrar os 50 anos do Concílio Vaticano II (1962-1965) e os 50 anos da instituição do Dia Mundial de Oração pelas Vocações (1964). Também serão recordados, em âmbito continental, dois Congressos Vocacionais da América Latina e Caribe (1994 e 2011), dois Anos Vocacionais (1983 e 2003) e três Congressos Vocacionais (1999, 2005 e 2010), em âmbito nacional.

O encontro virtual reunirá a região Sul  (S1, S2, S3 e S4), a região Nordeste (NE1, NE2, NE3, NE4 e NE5), a região Norte (N1, N2 e NO), a região Centro-Oeste  (CO, N3, O1 e O2),  a região Leste  (L1 e L2).

Formação no Brasil
O Simpósio integra o 21º Plano Pastoral do Secretariado Geral da CNBB (Documento 95, p. 48) e é  assumido por todos os membros da Pastoral Vocacional/Serviço de Animação Vocacional (PV/SAV), do Instituto de Pastoral Vocacional (IPV), da Conferência dos Religiosos do Brasil (CRB), da Comissão Nacional de Presbíteros (CNP), da Comissão Nacional dos Diáconos (CND), da Organização dos Seminários e Institutos do Brasil (OSIB), da Conferência Nacional dos Institutos Seculares (CNIS), do Conselho Nacional de Leigos e Leigas do Brasil (CNLB), do Setor Juventude, da Pastoral Familiar, da Catequese e do Movimento Serra.

Veja tambem http://www.arquidiocesedebrasilia.org.br/noticias.php?cod=1892