Páscoa a Festa da Vida e da Liberdade

lavureddiDom Roberto Francisco Ferrreria Paz
Bispo de Campos

O que torna um ser humano em cristão é ser uma testemunha da Páscoa de Jesus. Acreditar nessa maravilhosa luz e reviravolta que marcou a história humana definitivamente, dando-lhe um sentido de libertação e reconciliação plenas. A Ressurreição de Jesus faz surgir e emergir a humanidade nova resgata por inteiro a dignidade da pessoa e nos leva a perfeita comunhão com o Pai e os irmãos.

A Igreja como esposa e povo nascido da vida nova pascal, se constitui em fraternidade amorosa para comunicar a todas as gerações esta Boa Nova grandiosa e inefável: Jesus é o Cordeiro Vencedor. A partir da Páscoa ganham cor e significado todas as aspirações humanas a uma verdadeira liberdade e solidariedade.

A morte, o medo e as manobras dos poderosos que quiseram impedir a irrupção do Reino, foram derrotadas e deixadas de lado como a pesada pedra do túmulo. Ele está vazio, não existe sepultura para o corpo Ressuscitado e glorioso de Jesus, suas chagas luminosas despertam uma fé viva, operosa, explícita e missionária em todos os seus seguidores.

Por isso caminhamos soerguidos, esperançosos e alvissareiros, levando em nossos corações o mundo novo que brota da Páscoa de Jesus. Nada pode nos deter e separar do amor de Cristo, somos a vanguarda da humanidade, rumo ao céu e uma terra Nova, frutos e dons da herança e do espólio adquirido pelo Sangue de Jesus o Vivente e Vencedor.

O acontecimento da Ressurreição nos impulsiona e nos alavanca a construirmos junto ao Senhor da Vida, a Nova Criação, transbordante de luz, de amor, de graça e formosura. Uma terra sem tráfico humano, com pessoas emancipadas e libertas de toda a escravidão e amarras opressoras, um mundo sem fronteiras, preconceitos, exclusões, que faziam parte da história do pecado e das estruturas da morte.

A Páscoa nos reconcilia com Deus e todo o universo, transformando-nos em jardineiros do Novo Paraíso, em cuidadores e promotores da vida em plenitude. A todos/as os irmãos uma Páscoa vitoriosa, solidária e fraterna como a de Cristo Jesus!