Dia Mundial de Luta de Luta contra à Tuberculose – 24 de Março

Dia Mundial de Luta de Luta contra à Tuberculose – 24 de Março:

Considerando o Dia Mundial de Luta de Luta contra  à Tuberculose – 24 de Março, os organizações da sociedade civil, representadas pelo Fórum ONGs TB-RJ, instância de articulação, mobilização e representação política do coletivo de 170 entidades envolvidas no combate à Tuberculose, composto por ONGs, Ativistas TB/HIV, lideranças comunitárias, redes sociais e pessoas afetadas pela TB/HIV/Aids.

Vem por meio desta marcar a data e tornar pública a notificação do Dia Mundial de luta contra a Tuberculose – 24 de Março, e convidar à todos os Brasileiros a participarem da mobilização e intensificação das ações de combate a tuberculose.

Em 24 de março próximo – Dia Mundial de Luta contra a Tuberculose, a Organização Mundial de Saúde, em conjunto com organizações da sociedade civil, e diversos atores se mobilizam para chamar a atenção sobre a emergência Global da tuberculose e a associação TB/HIV/Aids no mundo. A data visa chamar a atenção da população e cobrar das autoridades ações políticas e técnicas mais concretas para o combate à Tuberculose e denunciar a negligência da saúde junto ás populações mais vulneráveis à TB.

No Brasil ontem dia 23 de março no Rio de Janeiro, foi palco do Fórum Internacional do Stop TB Partnership – a maior rede global de luta contra a tuberculose – com mais de dois mil participantes de diversos países e da presença do Sr. Presidente da República e do Ministro da Saúde, na abertura do encontro. http://www.stoptb.org/events/partners_forum/2009/theforum.asp

Documentos em anexo:

1-Carta aberta à população do Fórum das ONGs na Luta contra a Tuberculose

2-Manifesto pelo Dia Mundial de Luta contra a Tuberculose

3-Agenda Comunitária – RJ

Fundado em agosto de 2003, O Fórum Estadual das ONG no Combate à Tuberculose no Estado do Rio de Janeiro,  instância de articulação, representação e mobilização social do coletivo de 170 entidades, é  um movimento  da sociedade civil organizada de base comunitária engajada na luta contra a tuberculose. Articulando atores governamentais e não governamentais, o fórum atua para conter o avanço da doença e seus agravos, e a garantia dos direitos sociais e humanos das pessoas afetadas pela tuberculose. A prioridade são os grupos mais vulneráveis como comunidades empobrecidas, populações de rua, carcerária e pessoas com HIV/AIDS, que por desinformação quanto à doença ou dificuldade de acesso não procuram os serviços de saúde e o tratamento.

O papel da mobilização social no controle da tuberculose

A tuberculose tem cura e o tratamento começa com informação. É missão do Fórum Estadual de Combate a Tuberculose dar visibilidade ao problema, promover o acesso a informação, mobilizar e capacitar a Sociedade Civil para lutar contra todas as formas de omissão e violação dos direitos humanos resultantes do estigma e discriminação às pessoas afetadas pela tuberculose.

Controle da tuberculose – o desafio

As ações oficiais de controle da tuberculose estão muito aquém das necessidades da população. Por isso, torna-se fundamental a união de todos mobilizando esforços para o enfrentamento do problema. É preciso estabelecer respostas inovadoras e articuladas, destinadas a garantir qualidade de vida e acesso adequado aos serviços de saúde para quem vive com TB. Como?

Todos nós podemos e devemos exercer o controle social, monitorando e intervindo nas políticas públicas de saúde, interagindo com o Estado, na promoção do direito à prevenção, ao diagnóstico e ao tratamento supervisionado (DOTS).

Integrando uma rede de promoção da saúde e bem-estar

É através do esforço coletivo que a tuberculose será definitivamente uma doença do passado. Seja solidário.

Participe!  24 de março Dia Mundial de Luta contra a Tuberculose.
Dia Mundial de Luta de Luta contra à Tuberculose – 24 de Março:

Considerando o Dia Mundial de Luta de Luta contra à Tuberculose – 24 de Março, os organizações da sociedade civil, representadas pelo Fórum ONGs TB-RJ, instância de articulação, mobilização e representação política do coletivo de 170 entidades envolvidas no combate à Tuberculose, composto por ONGs, Ativistas TB/HIV, lideranças comunitárias, redes sociais e pessoas afetadas pela TB/HIV/Aids.

Vem por meio desta marcar a data e tornar pública a notificação do Dia Mundial de luta contra a Tuberculose – 24 de Março, e convidar à todos os Brasileiros a participarem da mobilização e intensificação das ações de combate a tuberculose.

Em 24 de março próximo – Dia Mundial de Luta contra a Tuberculose, a Organização Mundial de Saúde, em conjunto com organizações da sociedade civil, e diversos atores se mobilizam para chamar a atenção sobre a emergência Global da tuberculose e a associação TB/HIV/Aids no mundo. A data visa chamar a atenção da população e cobrar das autoridades ações políticas e técnicas mais concretas para o combate à Tuberculose e denunciar a negligência da saúde junto ás populações mais vulneráveis à TB.

No Brasil ontem dia 23 de março no Rio de Janeiro, foi palco do Fórum Internacional do Stop TB Partnership – a maior rede global de luta contra a tuberculose – com mais de dois mil participantes de diversos países e da presença do Sr. Presidente da República e do Ministro da Saúde, na abertura do encontro. http://www.stoptb.org/events/partners_forum/2009/theforum.asp

Documentos em anexo:

1-Carta aberta à população do Fórum das ONGs na Luta contra a Tuberculose

2-Manifesto pelo Dia Mundial de Luta contra a Tuberculose

3-Agenda Comunitária – RJ

Fundado em agosto de 2003, O Fórum Estadual das ONG no Combate à Tuberculose no Estado do Rio de Janeiro, instância de articulação, representação e mobilização social do coletivo de 170 entidades, é um movimento da sociedade civil organizada de base comunitária engajada na luta contra a tuberculose. Articulando atores governamentais e não governamentais, o fórum atua para conter o avanço da doença e seus agravos, e a garantia dos direitos sociais e humanos das pessoas afetadas pela tuberculose. A prioridade são os grupos mais vulneráveis como comunidades empobrecidas, populações de rua, carcerária e pessoas com HIV/AIDS, que por desinformação quanto à doença ou dificuldade de acesso não procuram os serviços de saúde e o tratamento.

O papel da mobilização social no controle da tuberculose

A tuberculose tem cura e o tratamento começa com informação. É missão do Fórum Estadual de Combate a Tuberculose dar visibilidade ao problema, promover o acesso a informação, mobilizar e capacitar a Sociedade Civil para lutar contra todas as formas de omissão e violação dos direitos humanos resultantes do estigma e discriminação às pessoas afetadas pela tuberculose.

Controle da tuberculose – o desafio

As ações oficiais de controle da tuberculose estão muito aquém das necessidades da população. Por isso, torna-se fundamental a união de todos mobilizando esforços para o enfrentamento do problema. É preciso estabelecer respostas inovadoras e articuladas, destinadas a garantir qualidade de vida e acesso adequado aos serviços de saúde para quem vive com TB. Como?

Todos nós podemos e devemos exercer o controle social, monitorando e intervindo nas políticas públicas de saúde, interagindo com o Estado, na promoção do direito à prevenção, ao diagnóstico e ao tratamento supervisionado (DOTS).

Integrando uma rede de promoção da saúde e bem-estar

É através do esforço coletivo que a tuberculose será definitivamente uma doença do passado. Seja solidário.

Participe! 24 de março Dia Mundial de Luta contra a Tuberculose.