Vaticano propõe igrejas abertas por 24h para atender confissões

A iniciativa deve ocorrer no período da Quaresma, em toda a Igreja Católica

Da redação, com Arquidiocese do Rio

Igrejas abertas por 24 horas para atender os fiéis em Confissão. Esta é a proposta “24 horas para o Senhor”, do Pontifício Conselho para a Promoção da Nova Evangelização, enviada às dioceses católicas em fevereiro.

Segundo a carta, assinada pelo presidente do dicastério, Dom Rino Fisichella, a proposta é dirigida a toda a Igreja, com intenção de poder criar uma tradição, que anualmente seja repetida no quarto domingo da Quaresma.

Leia também:
:: Papa convida fiéis a se aproximarem do sacramento da confissão

A ideia é que, a partir das 17h do dia 28 de março, durante 24 horas, pelo menos uma igreja em cada diocese possa permanecer aberta para permitir que todos que desejarem celebrem o Sacramento da Penitência, de preferência em um contexto de adoração eucarística. Tudo deve ser pastoralmente preparado de acordo com as próprias possibilidades da diocese.

Em Roma, a iniciativa será presidida pelo Papa Francisco com uma celebração penitencial na Basílica de São Pedro. Terminada a celebração, as confissões continuarão em algumas igrejas do centro histórico, que permanecerão abertas para acolher “todos aqueles que desejam encontrar o Senhor e experimentar a sua misericórdia”. A celebração, unida à adoração eucarística, continuará até as 16h de sábado, dia 29 de março, para terminar às 17h, com a celebração das Primeiras Vésperas, na Igreja de Santo Spirito in Sassia, santuário romano da Divina Misericórdia.

“A Nova Evangelização tem entre suas tarefas aquela de tornar mais central o Sacramento da Penitência. Por esta razão, propomos valorizar ao máximo o tempo da Quaresma como momento particularmente adequado para viver a experiência de evangelização à luz do Sacramento da Penitência”, escreveu Dom Rino.

Embora em construção, o novo site do pontifício conselho, www.novaevangelizatio.va, vai disponibilizar em breve um subsídio pastoral útil para viver tal iniciativa nas paróquias e nas comunidades. A motivação também é feita pelas redes sociais, como a página do Facebook:https://www.facebook.com/AnnoDellaFede, e com a hashtag #24oreperilSignore (em português, #24horasparaoSenhor), que reunirá testemunhos e partilhas da ação em várias partes do mundo.

http://noticias.cancaonova.com/vaticano-propoe-igrejas-abertas-por-24h-para-atender-confissoes/