Diretores nacionais das POM na América realizam Assembleia Continental

Jaime Patias

Os diretores das Pontifícias Obras Missionárias (POM) da América realizaram, nos dias 10 a 14 de março, na cidade do México, a sua X Assembleia continental. O objetivo da reunião foi avaliar a participação no 4º Congresso Americano Missionário (CAM 4 – Comla 9), realizado no final de 2013 na Venezuela, estudar as conclusões dos 22 fóruns promovidos pelo evento e propor linhas de ação para continuar o processo do Congresso à luz da Exortação Apostólica Evangelii Gaudium, a fim de responder aos desafios da missão Ad Gentes em um mundo pluricultural e secularizado.

O encontro reuniu, na sede das POM do México, 19 diretores nacionais, do Brasil, das Antilhas, Canadá (dois), Chile, Bolívia, Costa Rica, Cuba, El Salvador, Uruguai, Venezuela, Colômbia, Equador, Guatemala, Honduras, Peru, Porto Rico, República Dominicana e México.

Padre Camilo Pauletti, diretor das POM no Brasil participou da reunião e relata o que o grupo destacou sobre o Congresso de Maracaibo, Venezuela. “Além das conclusões e sínteses que vieram dos fóruns, chamou a atenção o discipulado principalmente da Infância e Adolescência Missionária (IAM) e Juventude missionária (JM). Outro destaque do Congresso foi a missão Ad Gentes como desafio onde os leigos devem ser mais envolvidos”, sublinha.

Na sexta-feira, dia 13, os diretores das POM se reuniram com dom Christophe Pierre, Núncio Apostólico no México, que refletiu sobre o pontificado do papa Francisco, após um ano da sua eleição. Segundo conta padre Camilo Pauletti, “a Exortação Evangelii Gaudium e seu jeito de ser, seus gestos, com palavras diretas e comovedoras, traz nova esperança à nossa Igreja”, diz e explica que, sobre Francisco, o Núncio Apostólico no México compartilha das mesmas impressões.

A programação da Assembleia incluiu, entre outras atividades, uma visita à Basílica de Nossa Senhora de Guadalupe. “Ver a fé do povo, a devoção e o carinho para com a Mãe, foi muito importante”, ressalta padre Camilo. “Todo o ano, são milhões de pessoas que passam por lá, vindas de várias partes do mundo, mas principalmente do interior do México. Os indígenas, gente simples, com suas famílias vêm agradecer e pedir ajuda e forças para suas vidas ou para alguém que esteja precisando”.

O grupo de diretores fez também, uma visita ao Santuário da Chalmas, na diocese de Toluca, estado do México. O Santuário fica no meio das montanhas e é um espaço muito valorizado pelos indígenas. “Lá costumam fazer umasimbologia com flores, onde põem coroas nas cabeças, entram no Santuário e pedem a proteção dos Anjos padroeiros do Santuário”, conta padre Camilo.

Na reunião o diretor das POM do Brasil falou aos colegas sobre o 1º Congresso Americano da IAM marcado para os dias 23 a 25 de maio em Aparecida (SP), com a participação de pelo menos 700 assessores e coordenadores da IAM. Na oportunidade, padre Camilo apresentou o processo de preparação do evento e esclareceu dúvidas sobre a organização do mesmo. O interesse pelo Congresso é grande e a maioria dos países enviarão delegados.

A próxima Assembleia Continental dos diretores das POM será em Cuba, em março de 2015.

 

Anúncios