Uma interpretação bíblica do Dia Internacional da Mulher

08/03/2014 | Edson Sampel

No livro do Gênesis, do Testamento Velho, está escrito que de uma das costelas do homem foi-lhe criada uma companheira, por isso, o nome de mulher: “Então o homem exclamou: Esta, sim, é osso dos meus ossos e carne de minha carne! Ela será chamada mulher, porque foi tirada do homem.” (Gn 2, 23).

Ora, em português, não há similaridade etimológica entre as palavras “homem” e “mulher”, malgrado tal fenômeno ocorra entre os termos varão (homem) e varoa (mulher), mas, trata-se de expressões pouco empregadas no dia a dia. Já em hebraico, língua na qual foi redigido o Testamento Velho, mulher é isha e homem é ish. Compreende-se, então, o porquê da afirmação: ela será chamada mulher (isha), pois foi tirada do homem (ish). Em inglês, por exemplo, é possível, também, perceber etimologicamente a simbiose que existe entre os dois sexos: man (homem) e woman (mulher).

Na verdade, é claro, não estamos diante de uma explicação científica, ou seja, biológica. O hagiógrafo, com os vocábulos que utilizou para designar o sexo masculino e o sexo feminino, quis realçar o liame espiritual existente entre o homem e a mulher. Estes dois seres humanos se complementam. Robustecidos pelo sacramento do matrimônio, o homem e a mulher percorrem um caminho de santidade e dão, destarte, testemunho do amor de Deus.

Em tempos de tanto consumismo e hedonismo, a mulher é solicitada a prestar uma contribuição valiosíssima, porque dela depende o futuro sadio da humanidade. Quando certas ideologias querem inculcar nos jovens pseudovalores sexuais, a mulher, com seu encanto feminino, tem de demonstrar que a heterossexualidade é o melhor e único comportamento da raça humana. Essa é uma tarefa urgente.

Infelizmente, a mulher precisou sair do recesso do lar, onde cuidava da prole. Fê-lo, todavia, com garbo, agregando os quefazeres domésticos às novas incumbências profissionais. A mulher trabalha fora de casa e dentro de casa; é uma renhida lutadora!

O exemplo de mulher perfeita é santa Maria, mãe de Jesus. Portanto, peçamos que ela rogue por todas as mulheres, a fim de que o sexo feminino orne cada vez mais esta nossa nação, através de semblantes castos e belos.
Edson Sampel

Fonte: Revista Missões

Anúncios