Idealizadora da Multimistura reafirma o valor nutricional do alimento em Caxias do Sul

Idealizadora da Multimistura reafirma o valor nutricional do alimento em Caxias do Sul Nereu de Almeida/

A multimistura é utilizada para combater a desnutrição e fazer as crianças e adultos crescerem ou se desenvolverem com mais saúdeFoto: Nereu de Almeida
Vania Marta Espeiorinvania.espeiorin@pioneiro.com

Cuidar da alimentação significa promover a saúde e uma vida com menos doenças. Isso, entretanto, exige uma ação imediata: adotar novos hábitos, ampliando ou repondo nutrientes necessários ao organismo. Para ajudar nesse processo, a médica nutróloga Clara Takaki Brandão tem uma receita especial: a multimistura.

E foi o valor nutricional dessa receita que a médica e voluntária da Pastoral da Criança veio reafirmar em Caxias do Sul, na quinta-feira e também durante o 1º Fórum Social Mundial da Serra Gaúcha, realizado no final de semana, em Bento Gonçalves. A um grupo de 20 integrantes da Pastoral da Criança de Caxias, a médica falou sobre os benefícios da multimistura e trouxe várias outras dicas de pratos que compõem um cardápio mais saudável para as famílias.

Ela também frisou a necessidade da realização de exercícios físicos e de higienização bucal correta paralelamente à adoção de refeições adequadas.

— O que eu como pode trazer coisas ruins ou boas. E veja como é interessante: mesmo as coisas ruins podem ser neutralizadas com a multimistura, que tem nutrientes e vitaminas. O princípio da multimistura é a qualidade que é dada pela variedade. Por isso, é importante usá-la todos os dias. Para enriquecer a comida da criança ou do adulto, uma colher é suficiente — ensina a idealizadora da receita.

A multimistura é uma das armas que os voluntários das pastorais da criança já usam para ajudar a salvar vidas, combater a desnutrição e fazer as crianças e adultos crescerem ou se desenvolverem com mais saúde.

É uma espécie de farinha composta de 70% de farelo tostado (de trigo, arroz e outros), 15% de pó de sementes (de gergelim, melancia, etc.) e 15% de pó de folhas verdes escuras (da mandioca, que é rica em vitamina A e C, da batata-doce e outras). O preparo pode ser acrescentado à alimentação diária.

MULTIMISTURA
O que é:

É um alimento que contém farelo, sementes e folhas (veja receita abaixo). Segundo a idealizadora da receita, a médica nutróloga Clara Takaki Brandão, e informações divulgadas pelo site http://www.multimistura.org.br, uma pessoa pode usar uma colher de sopa diariamente, dividida nas três refeições. A multimistura contém um concentrado de minerais e vitaminas. Repõe nutrientes fundamentais como o zinco, magnésio, ferro, vitamina A, vitaminas do complexo B e outras. Também reduz a absorção de metais nocivos como o mercúrio, o chumbo e o alumínio.

Como conseguir:
A multimistura pode ser adquirida com a Pastoral da Criança de Caxias. Segundo a voluntária Suzana Casagranda, um pacote de meio quilo custa R$ 7. Quem quiser adquirir, pode ligar para a própria Suzana, no fone (54) 9989.4443. A multimistura pode ser feita em casa, no entanto, o processo é um pouco demorado. Para saber como fazer a receita direito, a pastoral dispõe do trabalho das capacitadoras. Suzana é uma dessas capacitadoras e informa que as pessoas que tiverem interesse podem entrar em contato pelo fone acima para agendar e aprender a fazer o alimento.

Composição da Multimistura
70% de farelo (arroz e ou trigo) tostado
15% de pó de folhas (mandioca, batata-doce, etc.)
15% de pó de sementes (gergelim, abóbora, linhaça, girassol)

– Se tiver pó de cascas de ovo, a mistura fica assim:
70% de farelo tostado
10% de pó de folhas verde-escuro
10% de pó de sementes
10% de pó de casca de ovo

http://pioneiro.clicrbs.com.br/rs/noticia/2010/01/idealizadora-da-multimistura-reafirma-o-valor-nutricional-do-alimento-em-caxias-do-sul-2789800.html

Anúncios