Dois padres salesianos são assassinados na Venezuela

Dois padres, um colombiano e outro venezuelano, de um colégio salesiano de Valência (norte) foram assassinados e um terceiro, diretor do estabelecimento, ficou ferido na noite de sábado (15) quando vários homens invadiram o local com a intenção de roubar.

O ministro da Justiça, Miguel Rodríguez, declarou neste domingo (16) que os homicídios aconteceram em circunstâncias muito estranhas. “Há circunstâncias muito estranhas em torno desse homicídio. Parece que está envolvido um jovem de 13 anos e outro menor, que teria entre 15 e 16 anos”, afirmou o ministro em entrevista à imprensa local. “A entrada do colégio também não foi forçada”, afirmou, acrescentando que o Ministério Público abriu uma investigação do caso.

Os mortos foram identificados como o sacerdote Jesús Erasmo Plaza, de 79 anos, e Luis Heriberto Sánchez, de 84. Ambos foram apunhalados.

O ministro afirmou que as investigações tentam entender por que os menores estavam na escola, já que não há sinal de nenhuma porta forçada na instituição.

O cardeal Jorge Urosa, arcebispo de Caracas, se manifestou dizendo estar “profundamente consternado” pelas mortes. O religioso completou nota afirmando que os dois jovens estavam no local “com o propósito de roubar, com uma violência nunca vista, que seguramente tem a ver com drogas”.

O assassinato desses sacerdotes acontece num momento em que a Venezuela é sacudida por uma onda de violência e uma taxa de homicídios que variam entre 39 e 79 para cada 100.000 habitantes, segundo o governo ou as ONGs, respectivamente.

http://g1.globo.com/mundo/noticia/2014/02/dois-padres-salesianos-sao-assassinados-na-venezuela.html

http://julioadv.blogspot.it/2014/02/assassinados-dois-sacerdotes-do-colegio.htmlhttp://www.lapatilla.com/site/2014/02/16/asesinan-a-dos-sacerdotes-en-valencia/

Anúncios