Linda Rosa Juvenil

1. A linda rosa juvenil, juvenil, juvenil
A linda rosa juvenil, juvenil.
Vivia alegre em seu lar,
em seu lar, em seu lar
Vivia alegre em seu lar, em seu lar.
2. Um dia veio uma bruxa má,
muito má, muito má
Um dia veio uma bruxa má, muito má.
E adormeceu a rosa assim,
bem assim, bem assim
E adormeceu a rosa assim, bem assim.
Não há de acordar jamais,
nunca mais, nunca mais Não há de acordar jamais, nunca mais.
3. O tempo correu a passar,
a passar, a passar
O tempo correu a passar, a passar.
E o mato cresceu ao redor,
ao redor, ao redor
E o mato cresceu ao redor, ao redor.
4. Um dia veio um belo rei,
belo rei, belo rei
Um dia veio um belo rei, belo rei.
Que a bela Rosa despertou,
despertou, despertou
Que a bela Rosa despertou, despertou!
5. Digamos ao rei muito bem,
muito bem, muito bem
Digamos ao rei muito bem, muito bem.
As crianças escolhem quem vai ser a Rosa, o rei e a bruxa. A que é a Rosa vai para o centro da roda enquanto as outras giram e cantam. Quando a cantiga fala na bruxa, esta entra e põe a mão na cabeça da Rosa, que abaixa e fica “adormecida”. A bruxa sai da roda. Quando cantam “e o mato cresceu ao redor” as crianças andam para o centro até a Rosa e fecham a roda em volta dela e abrem. Quando falam no rei, ele entra na roda e gira ao redor da Rosa. Quando cantam “e despertou a Rosa assim” o rei pega a mão da Rosa e faz com que ela se levante. Os dois então giram dentro da roda, que também está girando.
Anúncios