Sete dicas para um Natal com sentido cristão

1- Tomar consciência de que o Natal é a celebração do nascimento de Jesus Cristo entre nós. Nenhuma outra figura deve ocupar o lugar dele. Papai Noel é uma produção e maquiação mercantilista, consumista.

2- Nascendo entre nós, Jesus torna-se a luz da humanidade. Quem o segue não andará nas trevas. Uma boa preparação para o Natal exige mudança de atitudes pessoais e estruturais, sobretudo mudança do coração. Nada melhor, para reorientar as mudanças, que a recepção do sacramento da Confissão ou Reconciliação.

3- Jesus Cristo nasceu entre nós para elevar nossa dignidade de pessoas humanas. Ele veio para que todos tenham vida plenamente. Faça a sua parte. Lute para que todas as pessoas tenham vida plena.

4- Deus se dá totalmente à pessoa humana e pede que esta se dê plenamente a Ele. Que admirável intercâmbio entre o céu e a terra! Aproveite o Natal para criar mais espaços de diálogo com as pessoas que convivem e se aproximam de você.

5- Jesus Cristo nasceu em uma família, a Sagrada Família de Nazaré. A família tem que ser a prioridade das prioridades. É nela que cada pessoa aprende a ser gente. Dê mais tempo para a sua família.  Engaje-se em grupos de família, na pastoral familiar, nos movimentos familiares… E seja membro efetivo da grande família-Igreja.

6- No Natal, Maria e José acolheram com todo amor e carinho o Menino Jesus. Pais: acolham com carinho e firmeza seus filhos, nascidos de vocês. Filhos e filhas: acatem docilmente as determinações de seus pais. Eles, com certeza, só querem o bem de vocês.

7- Na noite de Natal, anjos proclamaram a glória de Deus e a paz para aquelas pessoas de boa vontade que amam a Deus. Escute novamente o cântico dos anjos: Deus quer dar a verdadeira paz a toda criatura! Construa a paz interior. Faça de tudo para dar um basta à violência, à ira, à vingança…

Padre  Júlio Antônio da Silva é sacerdote na Arquidiocese de Maringá-PR

Anúncios