Adorarás o Senhor, teu Deus, e só a ele prestarás culto.” (Lc 4,8)

♠  Dom Salvador Paruzzo, bispo diocesano -

♥  A Igreja está comemorando os 50 anos da realização do Concílio Ecumênico Vaticano II e os 20 anos de publicação do Catecismo da Igreja Católica. Este evento é de fundamental importância para a Igreja no Terceiro Milênio e de tamanha riqueza que norteia a caminhada de discípulos e missionários.
Bento XVI com a Carta Apostólica “Porta Fidei” proclamou o Ano da Fé para convidar todos a redescobrir o caminho da Fé para fazer brilhar, com evidência sempre maior, a alegria e o renovado entusiasmo do encontro com Cristo.
Neste Ano da Fé devemos readquirir o gosto de nos alimentarmos da Palavra de Deus, transmitida fielmente pela Igreja, e do Pão da Vida, oferecido como sustento de quantos são discípulos. De fato, em nossos dias ressoa ainda, com a mesma força, este ensinamento de Jesus: “Trabalhai, não pelo alimento que desaparece, mas pelo alimento que perdura e dá a vida eterna” ( Jo 6,27).
E a questão , então posta por aqueles que o escutavam, é a mesma que colocamos nós também hoje: “Que havemos nós de fazer para realizar as obras de Deus? (Jo 6,28). Conhecemos a resposta de Jesus: “A obra de Deus é esta: crer n’ Aquele que Ele enviou” (6,29). Por isso crer em Jesus Cristo é o caminho para se poder chegar definitivamente á salvação.
Acolhendo o convite do Papa, queremos celebrar este ano de forma digna e fecunda. Queremos intensificar a reflexão sobre a Fé, para ajudar todos os cristãos a tornar-se mais conscientes e revigorados em sua adesão ao Evangelho.
Queremos confessar a fé em Jesus Ressuscitado em todas as nossas paróquias, capelas e comunidades, nas nossas casas e no meio das nossas famílias.
Bento XVI espera que, este Ano da Fé se torne “uma ocasião propícia para intensificar a celebração da fé na liturgia, particularmente na Eucaristia, que é a meta para a qual se encaminha a ação da Igreja e a fonte de onde promana toda a sua força. Simultaneamente espera que o testemunho de vida dos cristãos cresça na sua credibilidade.
Através da Adoração Perpétua a Jesus no Santíssimo Sacramento, Mistério da Fé, ao longo deste Ano da Fé, queremos descobrir os conteúdos da fé professada, celebrada, vivida e rezada. E refletir sobre o próprio ato com que se crê.

About these ads