Juventude Missionária no Congresso Missionário Nacional .

No primeiro momento, os dez grupos de trabalho puderam apresentar suas considerações a respeito dos temas discutidos na sexta-feira, 13. “Houve uma unanimidade de pensamentos no nosso grupo. Todos concordaram que a paróquias devem dar mais confiança ao trabalho desenvolvido pela Infância e Adolescência Missionária (IAM) nas comunidades”, relatou Daniel Moreira, seminarista da Arquidiocese de Mariana – MG. Em seguida, foi lida a mensagem do mutirão da IAJM a partir da síntese da partilha destes grupos de trabalho.

Para enriquecer a experiência do mutirão, Arlane Markely, da diocese de Crato – CE, pôde dar seu testemunho missionário. “A coleta que fazemos com o cofrinho é para a missão além-fronteiras. Não podemos destinar estes recursos às necessidades paroquiais, mesmo que o padre exija”, contou a missionária sobre um episódio ocorrido em sua paróquia.

Também foi discutido no mutirão o relacionamento entre a IAM e a catequese paroquial. “A IAM é o agir da catequese. Na catequese aprendemos a amar a Igreja, e a IAM nos ajuda a sair em missão por amor a esta Igreja. Portanto, catequese e IAM não são rivais, são irmãs”, explicou padre Andre Luiz Negreiros, secretário nacional da IAM. Em seguida, padre Andre convidou os padres João (ex-diretor da POM), Camilo (diretor atual da POM no Brasil) e Oswaldo (diretor da POM na Argentina) para proferirem suas mensagens aos participantes. “A IAJM é a nossa esperança para a evangelização. Mas ela só existe porque há pessoas comprometidas atuando como assessores”, disse padre Camilo.

Novidades

Padre André continuou sua exposição apresentando o ano da IAM no Brasil, que será celebrado de maio de 2013 a maio de 2014. “Propusemos este ano aos Bispos do Brasil em comemoração aos 170 da fundação da IAM. Queremos mobilizar os 30 mil grupos existentes no Brasil para fazer uma grande festa”, afirmou o secretário nacional. Como parte da comemoração, haverá uma Jornada Nacional da IAM no mês de maio, mini congressos para crianças, Congresso Americano para Assessores da IAM em Aparecida – SP e a confecção de novos materiais de apoio e divulgação.

Por fim, padre Marcelo Gualberto, secretário nacional da Obra da Propagação da Fé, apresentou o plano de participação da Juventude Missionária (JM) na Jornada Mundial da Juventude (JMJ), que acontecerá no Rio de Janeiro de 23 a 28 de julho de 2013. “Cada setor da Igreja que trabalha com juventude terá momentos específicos, e a JM não vai ficar de fora”, contou o padre. A JM ocupará os seguintes espaços na JMJ: inserção ativa na Semana Missionária que antecede a JMJ, de 16 a 20 de julho; participação na Feira Vocacional dentro da Expo-Católica Rio, de 23 a 26 de julho; e a Sede Missionária na paróquia São Domingos, na Arquidiocese de Niterói – RJ, onde acontecerá o Encontro Mundial da JM no dia 23.

Por João Paulo Veloso, da Assessoria de Imprensa do 3º CMN

 
About these ads